Vale a pena investir (tempo e dinheiro) no Facebook em 2018?

Devido aos últimos anúncios do Facebook, está valendo a pena investir tempo e dinheiro nele em 2018?

Mark Zuckerberg, dono da plataforma, anunciou recentemente que o feed do Facebook ficaria um pouco diferente em 2018. Ele disse que veremos ‘menos conteúdo de páginas, incluindo notícias, vídeos e posts’.

E isso não parece muito interessante para negócios no Facebook.

Desde que o anúncio foi feito, o público tem tido uma reação bem adversa. Muitos lamentam a direção que o Facebook tem tomado, enquanto outros têm desistido de produzir conteúdo para a plataforma.

Então, está valendo a pena investir no Facebook em 2018?

Sim. Vale a pena. Mas…

Onde investir seu tempo no Facebook

Grande parte da frustração dos empreendedores em relação ao Facebook é o alcance orgânico limitado para os posts. Apenas uma fração das pessoas que curtem ou seguem uma página realmente vêem o conteúdo que está sendo públicado por ela.

Mas antes de deletar sua página no Facebook, lembre-se: o Facebook possui mais de 2 bilhões de usuários ativos e é a maior rede social do mundo.

Agora vou mostrar onde você deve investir seu tempo no Facebook…

1. Cuide da sua página: Isso significa ter uma capa e foto de perfil profissionais, preencher as informações de forma completa e clara, e postar no mínimo 1x por semana.

As pessoas podem não ficar muito tempo na sua página, mas mantê-la atualizada faz com que seu negócio seja mais confiável.

Ter uma página no Facebook faz com que seja mais fácil para as pessoas te encontrarem e te marcarem em posts que sejam relevantes para seu negócio, o que faz com que seja mais fácil para possíveis clientes entrarem na sua página e encontrarem seu site.

Manter sua página atualizada provavelmente vai demandar uns 30 minutos/mês. Não é tanto tempo assim.

2. Criar um grupo no Facebook: Engajamento orgânico é muito maior nos grupos do que nas páginas. Isso faz sentido, já que grupos podem proporcionar conversas e discussões muito mais do que em páginas.

O Facebook criou ainda mais ferramentas para gerenciamento de comunidades no ano passado, o que tornou muito mais fácil para os admins do grupo se conectarem com os membros e acompanharem o engajamento.

Importante: não adicione pessoas no grupo sem pedir permissão antes. Isso é chato.

3. Criar campanhas no Facebook: Sim, cada vez mais as pessoas têm recorrido às campanhas no Facebook, e como resultado, os valores tem subido. Mesmo assim, ainda vale a pena.

Não perca tempo fazendo isso no Facebook

Não se preocupe com os ‘likes’ no Facebook. É uma métrica vazia. Não tenho visto uma grande correlação entre muitos likes e rentabilidade.

Mesmo não achando que seus posts estão tendo engajamento, o Facebook é provavelmente uma das melhores referências para tráfego.

Quer conferir? Tente essas duas coisas:

  1. Observe seu Google Analytics. Você verá exatamente de onde está vindo seu tráfego. Alguma surpresa?
  2. Da próxima vez que postar algo no Facebook, use um link bit.ly. Você verá exatamente quantas pessoas estão clicando nos links que você tem postado.

Talvez isso confirme que seus posts no Facebook não estão tendo muito (ou nenhum) tráfego. De qualquer forma, o fato de que existem 2 bilhões de usuários ativos é uma razão para considerar estudar como você pode melhorar seu engajamento na rede.

Recado importantíssimo: se (insira qualquer rede social) desaparecesse amanhã, seu negócio seria capaz de sobreviver?

O ‘x’ da questão sobre esse anúncio é que o Facebook deve ser apenas uma parte da sua estratégia. Colocar todos os seus ovos em um cesto – especialmente um que não é seu – é um erro.

O Facebook, o Instagram, o Pinterest, etc, vão continuar mudando. E eles provavelmente serão substituídos por outros algum dia.

Você sempre deve ser capaz de responder:

Se [insira a rede social] sumir amanhã, meu negócio sobreviveria?

Espero que a resposta seja sim.

Uma boa estratégia de marketing inclui outras coisas, como uma lista de e-mails e foco em SEO (leia o post completo sobre SEO aqui no blog).

Já disse isso antes, mas uma lista de e-mails é realmente uma das coisas mais importantes e que você pode chamar de ‘sua’. Novas empresas de e-mail marketing surgem e outras desaparecem, mas as listas continuam sendo suas.

Se sua página no Facebook fosse cancelada amanhã, não importaria, pois você ainda poderia encontrar sua audiência por e-mail.

SEO é outra coisa que devemos focar, pois os benefícios ultrapassam apenas o fato de ter seu site bem ranqueado no Google. Focar em SEO te obriga a criar um conteúdo de qualidade, proporcionando uma ótima experiência aos seus usuários, fazendo com que as pessoas se lembrem do seu site.

Estou surpresa com esse anúncio do Facebook?

E isso realmente muda algo? Desde quando os algorítimos foram inclusos nas redes sociais, empreendedores têm entendido que precisariam se adaptar toda vez que houvessem mudanças.

Para mim, esse anúncio não muda nada. Simplesmente reforça a importância de ter um plano de marketing muito bem planejado.

E você, o que acha desse tema? Comenta aqui embaixo!

Luiza Tomasuolo

CEO & Diretora de Arte

CEO da Realize Studio de Comunicação, descobri minha paixão por empreendedorismo e decidi criar esse blog para trocar dicas, mostrar meu dia-a-dia, auto-conhecimento e muito mais, seja muito bem-vinda!

Deixe seu comentário!

Responder

Seu e-mail não será publicado

%d blogueiros gostam disto: